Arquivo da tag: 42km

Malu maratonista TOP 5 no Brasil

Saiu o ranking da revista Contra Relógio (publicado em Janeiro, porém com correção de algumas categorias em Fevereiro)!! Todo ano a revista reúne os resultados das principais Maratonas realizadas no país (reconhecidas pela CBAt), e faz um ranking com os melhores tempos em cada categoria e gênero. Desde 2012 alguns de nossos alunos participam do ranking, e o melhor resultado havia sido conquistado pela Paola, na categoria 25/29, ficando entre as 25 melhores do Brasil. No ranking de 2015 tivemos a grata surpresa de ter nossa primeira aluna TOP 5!! Em meio aos resultados de todo o Brasil, a Malu Nogas, foi a 4ª colocada na categoria 60/64, com o tempo oficial de 4h16min20seg para os 42,2km! As outras 3 colocadas fizeram seus melhores tempos nas maratonas de Porto Alegre e Rio de Janeiro, ambas com percurso considerado mais fácil, porém com tempos não menos extraordinários.

IMG-20160229-WA0001 - CopyDSC00939

Histórico da Malu
A Malu começou a treinar com a G5 Esportes em 2012, e sua primeira participação em provas foi na Corrida da Lua Cheia (4,3km em 37min), em maio daquele ano. De lá pra cá, ela tem sido uma atleta exemplar, seguindo a risca as planilhas e exercícios propostos na nossa metodologia, não deixando pra trás quase nenhum treino, e evoluindo gradativamente, com segurança e qualidade, mostrando que nunca é tarde para começar, visto que começou a treinar aos 58 anos e nunca havia praticado corrida. Aos poucos ela partiu dos 5 para os 10km, e com calma chegou aos 21km, e depois de 3 anos de treinos constantes e uma grande evolução em todas as distâncias, é que se sentiu pronta para encarar a Maratona (feita em nov/2015 – sua primeira Maratona). Aqui em Curitiba, quem participa das provas regularmente com certeza já ouviu chamarem pelo seu nome, sempre presente nas premiações da categoria. Em 2015, de todas as provas que ela participou, apenas em 1 etapa da SMELJ ela não conquistou o 1º lugar da categoria, nas outras mais de 20 provas no ano ela foi a campeã, com marcas que deixam muitas “menininhas” com inveja, como 10km em 48min, 21km em 1h50min, e participação em provas muito difíceis como a Subida da Graciosa, e os 15km de Santa Felicidade.

Nossos votos de muitos e muitos quilômetros pela frente, que continue treinando e conquistando todos os seus objetivos! #G5esportes #KeepRunning #VaiMalu #MaluTOP5 #G5TOP5

Anúncios

15/nov – Maratona de Curitiba 2015

Domingão, 15/nov, ainda é madrugada, e a nossa preparação já tinha começado! Montagem das tendas as 4h30 da manhã na praça Nossa Senhora de Salete, e com novidades, tenda nova!!! Aliás, tendaS novaS! Com quase 30 inscritos para as provas de 42km, 10km e 6km, além da galera que se mobilizou para fazer apoio, seja de bike, ou em algum ponto da prova, fizemos uma grande festa, deixando este grande desafio super animado!!

O dia foi amanhecendo e o pessoal começou a chegar. 10 guerreiros iam encarar a Maratona, 4 “veteranos” e 6 estreantes!!

A preparação foi feita, uma conversa, uma motivação, uma oração, ajeita o chip aqui, o número ali, e vamos que vamos!!

As 7h15 a largada! Mais de 2mil atletas sairam pelas ruas de Curitiba para encarar a Maratona, cada um em busca de seus objetivos. O clima estava estranho, nublado, não tão quente, mas muito úmido, e em alguns trechos abafado. Enganou-se quem achou que seria fácil, pois não foi. Com este tipo de clima os atletas tendem a suar mais, e com isso perdem muito líquido e sais. Teve muita gente sofrendo no final da prova, e pior pra quem fez a prova em mais de 4h30, pois daí o sol resolveu aparecer, e veio com tudo!!

As provas de 10km e 6km largaram as 7h50, e em tempo de todos terminarem seus desafios pessoais e começarem a aguardar os concluíntes da maratona. Formou-se um corredor de atletas nos 300m finais da Maratona, uma galera animada que não parava de incentivar os maratonistas!! Um apoio fundamental!

E pra finalizar a festa, os maratonistas começaram a chegar!! O melhor G5 na prova foi o Diego, que fechou com 3h03, tempo sensacional para a primeira Maratona dele, assim como o Rogério, que estreou com 3h20!!! Depois com 3h25 o Prof Gustavo chegou em meio a câimbras e trotes. Com 3h42 o Thomas completou, mesmo contra a vontade médica, guerreiro!! Daí veio o Flávio, que cruzou a linha de chegada com 3h56, e em menos de 1min já estava hidratando ;D A primeira mulher a fechar foi a Malu, com 4h16, tempo sensacional que rendeu o primeiro lugar na categoria e o prêmio de Melhor atleta curitibana em 2015 em sua categoria!! Márcio chegou logo depois, também sofrendo bastante com as câimbras fechou em 4h19. Depois pra fechar veio a Dagui, que lutou contra dores no abdomen e completou a prova na raça, fechando em 5h03!! #Fail para o Duran e Gui, que abortaram a prova nos kms 31 e 26 para evitar a fadiga hehe.

Parabéns galera!! Que venham mais provas, novos desafios e muita superação!!! #VaiG5 #KeepRunning
DSC05791

DSC05792

Percurso da Maratona de Curitiba

Está chegando!!! No próximo domingo, dia 15/nov, acontece a Maratona de Curitiba!! Os 42km da prova percorrem boa parte da cidade, e para a diversão de mais de 3000mil atletas, é necessário grande mobilização de ruas, agentes de trânsito, staff, polícia, etc! E é claro que mais legal ainda é percorrer esses 42km com o apoio de toda a cidade!!! Curitiba está convidada a sair as ruas neste domingo, a partir das 7h até as 13h, e incentivar todos os corredores!! E também muita atenção, se você precisar sair, trabalhar, ir ao mercado, etc, etc, fique atento aos horários e os locais de bloqueio das ruas!! Confira abaixo o mapa da prova
11 nov_percurso maratona

Confira os bairros e principais ruas que a prova passa:
BAIRROS: Centro Cívico, Ahú, São Francisco, Centro, Batel, Água Verde, Santa Quitéria, Vila Isabel, Portão, Capão Raso, Novo Mundo, Rebouças, Parolin, Hauer, Prado Velho, Jardim Botânico, Cristo Rei, Alto da XV, terminando novamente no Centro Cívico.
RUAS: Candido de Abreu, Mateus Leme, Augusto Stellfeld, Desembargador Motta, Visconde de Guarapuava, Sete de Setembro, Arthur Bernardes, Rápida Centro-Portão, Rua Ipiranga, Rápida Capão Raso-Centro (Francisco Raitani,…, Guilherme Pugsley), Brasílio Itiberê, Marechal Floriano, Aluizio Finzetto, Francisco Nunes, João Negrão, Conselheiro Laurindo, Dario Lopes dos Santos, Omar Sabbag, 7 de abril, Almirante Tamandaré, Dr. Faivre, Carlos Cavalcanti, terminando novamente na Candido de Abreu.
**BLOQUEIOS DAS 7H DA MANHÃ AS 13HORAS!!!***

Se não tem nada pra fazer domingo #VemPraRua #VemTorcer #Incetive #Aplauda

Se precisa sair, #ProcureRotasAlternativas #RespeiteOsBloqueios #NãoBuzine #VáDeBike

Boa prova a todos!!! #MaratonaDeCuritiba #G5esportes #KeepRunning

Parque Bacacheri

Nossa rotina de treinos no Parque Bacacheri tem horários pela manhã e a noite:
MANHÃ – Terças e Quintas, das 7h as 9h30
NOITE – Segundas e Quintas, das 18h20 as 20h30

Para fazer uma aula experimental é só comparecer nos dias e horários acima. É necessário chegar pelo menos 50min antes do fim do horário do treino, para dar tempo de realizar o treino dentro do horário.

Nosso ponto de encontro é ao lado das quadras de futebol de areia, na esquina da Hildebrando Dulcio com a Franz Josef Hoch.

SOBRE O PARQUE:
Até 1970, o local era conhecido como “Tanque do Bacacheri”, formado pelo Rio Bacacheri. Funcionava como local de recreação e balneário e o proprietário da área, Manoel Falavinha, alugava barcos a remo para passeios no lago. Porém, o assoreamento do tanque levou ao esgotamento do lago e sua desativação.
Em 1988, o Parque Bacacheri foi inaugurado, beneficiando os moradores da região e criando mais uma área de preservação. O parque era muito movimentado por amantes do futebol, as quadras de areia viviam cheias, e eram palco até de campeonatos.
Área : 152.000 m2. O lago tem uma área de 22.000 m2 e é alimentado por uma fonte de água
Equipamentos: cancha de futebol de areia, churrasqueiras, playground, canchas de volei, portal e lanchonete e banheiros. Pista para corrida e caminhada com 1860m. Academia ao ar livre, equipamentos para musculação e alongamento.

Bairro Bacacheri_ Portal do Parque Gal.Iberê de Matos (Parque do Bacacheri) Curitiba, 04/08/99 Foto: Nani Gois/SMCS (9845-11a)
Bairro Bacacheri_ Portal do Parque Gal.Iberê de Matos (Parque do Bacacheri)
Curitiba, 04/08/99
Foto: Nani Gois/SMCS (9845-11a)

Parque Bacacheri3

Bairro Bacacheri_ Vista Aérea do Parque Gal.Iberê de Matos (Parque do Bacacheri) Curitiba, 11/11/2002 Foto: Carlos Ruggi/SMCS (22681-17)
Bairro Bacacheri_ Vista Aérea do Parque Gal.Iberê de Matos (Parque do Bacacheri)
Curitiba, 11/11/2002
Foto: Carlos Ruggi/SMCS (22681-17)

Parque Bacacheri5

We are Dopey!!!

Não entendeu o título?!!? Então continue lendo que vamos te explicar!!

O que seria da sua vida sem desafios?? Eles estão por todo lado, desde a infância, os primeiros aprendizados, os primeiros erros, a primeira competição, alguma frustação e a vontade de tentar de novo, de vencer mais um desafio!! Pois bem, na corrida não é diferente!! Acontece com a grande maioria, e pra você que nunca correu, fica aqui nosso convite para experimentar esse ciclo!! Você começa sem almejar muita coisa, quer apenas começar a correr, se insere no meio, conhece novas pessoas e em algumas semanas ou meses já surge o primeiro desafio, 5km!! “Ufa, consegui!”, e daí com o tempo, “só” 5 não tem mais graça, e você tenta os 10km, e depois os 21! Algumas pessoas param por aí, mas se o vício da corrida entrou tomou conta de você, não tem jeito, mais cedo ou mais tarde você tentará a Maratona!! 42,2km!!! E daí você olha pra trás e relembra quantas vezes já havia dito “maratona é coisa pra maluco, imagina correr 42km?!!?? Nem de bicicleta!!” Pois é, mas se seu dia ainda não chegou, ele chegará!! Daí você completou uma Maratona, e se pergunta “E agora, qual o próximo desafio?!” Apesar de muita gente não fazer ideia, vários novos desafios irão surgir, a começar por tentar melhorar seu tempo nas distâncias, e depois achar provas diferenciadas, como montanhas, revezamentos, ultramaratonas (50, 60 e até 100km)! Enfim, traduzindo o título e explicando melhor “we are dopley” significa nós somos/conquistamos o Dunga!! Ainda não ficou claro?! Então confere alguns comentários da nossa grande vencedora Hilma!!
DSC03368
Tudo começou em fevereiro de 2014… numa noite de treino normal no Barigui, amigos conversavam sobre as pretensões de participar do Desafio do Dunga, no Walt Disney World em Janeiro de 2015. Achei uma loucura, pois na época mal corria devagar 10km… como poderia fazer para dar conta de 4 dias seguidos de corridas, 5km, 10km, meia maratona e maratona… 78km no total??? Era um desafio e tanto… fui para casa refletindo…

Pra você entender de vez, a Maratona da Disney é uma das mais tradicionais do mundo, e com o passar do tempo os organizadores foram criando novos desafios pra prova. Começou com o desafio do Pateta, antes da Maratona de domingo, você deveria fazer uma Meia Maratona no sábado! o.O 63km!! E como se isso já não fosse bastante, anos depois incluiram o desafio do Dunga, no qual o atleta deve fazer 5km na quinta-feira, 10km na sexta, 21km no sábado e 42km no domingo, fechando os dois desafios, e saindo da prova com 6 medalhas! Mas vamos deixar a Hilma continuar…

Volta e meia nas nossas conversas o assunto voltava à tona até que, em 22 de abril ao meio dia em ponto, as inscrições abriram e estávamos nós lá… a postos em frente do computador para conseguir registrar a tempo… e não é que conseguimos?
Eu e os amigos Julian e Marcos… inscritos!!! UAU !!! agora era prá valer… 🙂 (só para destacar que as inscrições para as provas da Disney esgotam em poucas horas, a do Dopey Challege esgotou em 2:20h… o mesmo tempo que gasto para completar uma meia maratona… rs)
Aí foi contar a novidade para os professores e iniciar o planejamento para dar conta do desafio!!

Um parênteses, ela não quis comentar mas no início sua ideia era caminhar na Maratona, mas a gente não deixou!! \o/ Ficar quase 8h fazendo uma prova?!? Não não não! “Vamos treinar e você vai CORRER as quatro provas!” foi o que ela ouviu!

O primeiro passo foi um ciclo de 12 semanas para a Meia Maratona da Cidade do Rio de Janeiro, em julho/14. Dei conta do recado (no meu ritmo, claro!) e passamos para a segunda fase, que foi a preparação para a Maratona de Curitiba, em novembro… neste período foram os sofridos longos (Meia Maratona de Curitiba em 31 de agosto, 25km, 28km num calor escaldante em Maceió-AL, 32km no Bacacheri que eu quebrei no km 29 por conta de um calor inesperado, 35km com a grande ajuda do professor Guilherme e finalmente a Maratona de Curitiba em 16 de novembro)… depois disso foi uma etapa de manter os treinos e fazer a 90ª Corrida Internacional de São Silvestre… que se não foi produtiva do ponto de vista do desempenho, mas ao menos foi divertida… 🙂

Hilma completou a 1/2 do Rio em 2h20min e a Maratona de Curitiba em 5h08min, com total de 844,6 KM entre 1/jul e 16/nov!! Além dos longos pra Maratona, encaixamos na rotina de treinos de dela alguns simulados para o desafio, fazendo por exemplo 3 dias seguidos de treino com 10, 15 e 25km, entre outros.
Chegada da Maratona de Curitiba 2014!! DSC02851DSC02853

Em 5 de janeiro de 2015 lá estávamos nós partindo para nosso sonho, cultivado e planejado (nos treinos, nas economias, nas contratações) ao longo de quase dez meses… Fomos para Tampa, curtimos uma ótima tarde no Busch Gardens e partimos para Orlando…
No dia 7 fomos pegar nossos kits, no ESPN, onde havia grande movimentação de pessoas, ótima organização e uma feira gigante com muitos expositores e descontos para os atletas… Dia 8 começou nosso desafio… os primeiros 5 km… um frio de bater os dentes.. sensação térmica de cinco graus negativos e largada às 6:30h da matina (ainda estava escuro). Tenho que dizer que eles são extremamente organizados e os pelotões (“corrals”) são conferidos e cada um só entra no espaço do pelotão que está definido no numeral (que também tem o chip de cronometragem)… Assim… como sou mais lenta… só larguei com mais de meia hora depois da largada do pelotão (corral) A (eu estava no D). Mesmo assim foi emocionante! Há fogos, há animação, há uma energia de quem está começando uma longa empreitada… 🙂 O percurso todo no EPCOT… Eu que não conhecia nada, quando entrei na área do parque relativa às nações ao redor do lago, só não chorei mais para não perder o fôlego… rs… foi uma grande emoção sentir que tudo aquilo para o que tinha me preparado ao longo de 2014 estava acontecendo, e era maravilhoso!!!!

Dia 9 era o dia dos 10km e estava menos frio… já estávamos mais adaptados à rotina de procurar o pelotão (corral) certo.. foram 10km muito tranquilos… todas as largadas eram no EPCOT e neste dia variou pouco em relação ao percurso do dia anterior… confesso que a emoção foi a mesma… 🙂
Dia 10 era a meia maratona e aí a coisa começava a complicar… 5:30h da madrugada já estávamos lá… aí meu “corral” (pelotão) era o M… (ía até o P) porque muitos atletas estavam iniciando o “Desafio do Pateta”, mas tudo certo… já adaptada ao frio inicial fui com o mesmo casaco do dia anterior e o amarrei na cintura ao longo do percurso… A novidade é que esta prova ía do EPCOT até o Magic Kingdom e lá passávamos por dentro do famoso Castelo da Disney, com direito a princesas e príncipes nos acenando e incentivando… muito emocionante e novamente tive que conter o choro para não perder o fôlego… 🙂

No dia 11, o último e mais desafiador dia… a Maratona que, uma vez vencida, daria as medalhas da maratona, do Desafio do Pateta e do Desafio do Dunga…. esta foi extensa… iniciou no EPCOT, foi até o Magic Kingdom, ao Animal Kingdom, ao ESPN, ao Hollywood Studios e novamente ao EPCOT…. ao longo de meu percurso, fui agasalhada, com capa de chuva, e fui descartando os agasalhos pelo caminho…. como nos dias anteriores vi todo mundo com fantasias, resolvi ir para a Maratona fantasiada de Minnie… 🙂 adorei e pretendo poder ir fantasiada em outras provas que puder… 🙂
Completei com sucesso o Desafio do Dunga (as 4 provas)… fui no meu ritmo e de acordo com o planejado… foi a realização de um sonho que dez meses antes parecia impossível, mas que se tornou realidade graças aos professores da G5, ao empenho pessoal do Gustavo Nogas que me acompanhou e fez as planilhas para os treinos de corrida e como personal na musculação, ao acompanhamento da nutricionista Ana Paula Pegoraro, da fisioterapeuta Diana Ceni e do cardiologista José Mauro Espósito que fizeram todo o acompanhamento que me permitiu fazer o fortalecimetno muscular necessário, os alongamentos, a alimentação e o acompanhamento cardiológico… assim pude dar conta do desafio com muita saúde e disposição… 🙂

a href=”https://g5esportes.files.wordpress.com/2015/03/20150128_190724.jpg”>20150128_190724

E como se não bastasse completar o desafio de 78km em três dias, com muito esforço e determinação a Hilma ainda garantiu o Recorde Pessoal na Maratona, fechando a prova com 5h05min (3min a menos que o recorde anterior)!! E se não bastasse isso tudo, duas semanas depois, ela encarou a 1/2 Maratona de Miami, fez os 21km, e pra completar com chave de ouro, quebrou mais um Recorde Pessoal, fechando a prova em 2h13min!!! \o/

E pra finalizar, pra você que gostou e pode ter interesse em fazer o desafio, veja algumas dicas e infos que ela separou pra todos nós:
– hospedagem: vale muito a pena se hospedar nos hotéis da Disney, ao menos nos dias das provas, pois há ônibus à disposição para levar do hotel para a largada e trazer de volta para o hotel…. isso ajuda bastante para poupar tempo e deslocamento (os estacionamentos ficam super cheios nestes dias e faz com que os atletas não hospedados na Disney tenham que chegar de carro muito mais cedo, pois faz congestionamento)
– kit: o kit tem o numeral que já tem o chip embutido.. além das camisetas da prova que escolher (no Desafio do Dunga são 6: 5k, 10k, 21k, 42k, Pateta e Dunga), além de outros mimos dos patrocinadores.
– Feira: se você gostar de alguma coisa da feira, como por exemplo porta medalhas, fitas de colocar no cabelo, roupas, gel, tênis…… compre na feira… pois algumas delas não tem em outro lugar ou se tiver (como na Fit2run) você tem que ir ao shopping que tem a loja (neste caso o florida mall) no mesmo dia da feira e pedir o mesmo desconto para os vendedores… dá certo, mas dá trabalho…. alguns itens não existem fora da feira (fiquei sem um porta-medalhas porque não comprei na feira e não achei fora);
– agasalhos: em janeiro é inverno lá… as provas largam muito cedo e noite (5:30h) e para os pelotões (corrals) mais lentos vc fica muito tempo esperando no frio e no vento (mais de 40 minutos)…. então o bom é ir agasalhado com alguma coisa que possa descartar ao longo do caminho e também uma capa de chuva descartável ou um saco de lixo preto para proteger do vento frio… no percurso vc se desvenciliará de tudo isso…. mas no início da prova é importante estar agasalhado… vale tudo: moleton, saco plástico, roupão… tudo mesmo…. ninguém liga para sua aparência… (e a organização da prova aproveita tudo que é descartado – luvas, toucas, agasalhos – para doar aos necessitados)
– hidratação e alimentação: ao longo das provas há hidratação com água e isotônico a cada milha (1.600m aproximadamente) e há distribuição de frutas, gel de carbo, chocolate, toalhas umedecidas e posto médico (com vaselina, spray de cânfora para as pernas e tudo o mais) para a meia e para a maratona em vários pontos (a cada 2 milhas pelo menos).
– pós: além da medalha da prova, em todas elas, vc recebe uma caixinha lacrada que tem vários salgadinhos, docinhos, biscoitos, barra de proteínas, isotônico em pó, etc… além disso há farta distribuição de banana, água e isotônico para todo mundo…
Sobre o Desafio do Dunga é isso… foi um sonho realizado…. e pretendo fazê-lo mais vezes… agora sei que com o treinamento adequado posso alcançar novamente este objetivo…
As medalhas são lindas e valem cada km dos 78 km de provas… 🙂
Incetivo muito…
#soucorredorG5 #G5grandesdasafios