Arquivo da tag: dicas

Aprimorando o uso do seu Garmin

Está cada vez mais comum nos braços dos corredores relógios com GPS, e a grande maioria tem optado pelos da Garmin, marca reconhecida mundialmente pela qualidade neste ramo, desde os GPS para carro, até os de pulsos, utilizados pelos esportistas. Falamos em esportistas pois as funções de cada modelos se diferem, alguns podem ser usados para diversas modalidades, inclusive para natação. A entrada da marca no Brasil foi principalmente através dos modelos 305, 310, 405 e 410, há cerca de uns 5 anos. Muita gente ainda usa esses modelos, e posteriormente a lista aumentou bastante, tendo agora desde os modelos da linha 10, 110, 210/220,…, chegando ao 910/920 que podem ser utilizados para corrida e também para natação.

Mas o real motivo deste post é tentar dar algumas dicas gerais sobre o relógio, pois tem muita gente que usa e não faz ideia das milhares de funções que o Garmin oferece. Vale ressaltar que há mudanças de um modelo para o outro, e como não temos acesso à todos os modelos, algumas dicas podem não ser encontradas exatamente da mesma forma no seu modelo.

– Início.
O primeiro passo ao utilizar o Garmin é cadastrar seu perfil, peso, altura, data de nascimento, etc, pois com base nisso ele irá calcular algumas variáveis do treino como gasto calórico. Configure também suas medições favoritas (cadência ou velocidade; voltas automáticas a cada km ou milha; brilho, contraste e opções da tela, etc). É muito importante também, sempre que for treinar, acionar o GPS do relógio alguns minutos antes de iniciar a atividade, ou seja, aproveite aqueles minutos de alongamento e aquecimento no mesmo local para já acionar o GPS, pois é comum você iniciar uma atividade com uma péssima precisão do satélite, e depois ver que o ritmo e percurso do início do treino não batem com o que você realmente fez.
garmin-410

– Botões.
Em todos os modelos você terá pelo menos o botão de star/stop (nos modelos com touch screen pode ser diferente), para iniciar e pausar/terminar o treino, e o botão lap/reset (voltas ou zerar). São os botões básicos e importantes, pois por exemplo, se você quer saber quão rápido é seu ritmo em 200m de corrida, é só percorrer a distância e apertar o “lap”, seu garmin dividirá aquele trecho com a distância percorrida, pace (ritmo/cadência), e o tempo gasto nesta distância. Muito importante para fartleks e treinos intervalados.
Gostou? Curta a G5

– Escolhendo suas “telas”.
A maioria dos modelos para corredores tem a opção de ter até 3 informações numa mesma tela de treino, e alguns modelos te dão a opção de ter até 4 telas (como o 410), ou seja, você pode ter 12 informações instantâneas sobre o seu treinamento, dentre as mais de 30 opções, como “tempo total”, “tempo da volta”, “velocidade da volta”, “velocidade média”, “cadência”, “cadência da volta”, “quantidade de voltas”, “distância”, “distância da volta”, “precisão do satélite”, “altimetria”, “hora do dia”, “batimentos cardíacos”, “média dos batimentos”, etc. No menu do seu relógio você fará a escolha das informações que considerar mais importantes.
garmin-910xt-12

-Programando os treinos.
Muita gente não faz nem ideia que é possível programar treinos específicos no Garmin. Alguns modelos te dão a opção de programar o treino no próprio relógio, por exemplo num treino intervalado, no qual você programa 8x 400m, com intervalo de 1min, neste caso você escolherá o “tiro” como distância (0,4 km) (há também a possibilidade de escolha por tempo), o descanso como tempo (00:01:00) (há também a opção de escolha por distância), e as repetições “08”. Ao iniciar o treino, o garmin irá lhe auxiliar com beeps quando cada trecho estiver terminando, sem ter a necessidade de ficar controlando a distância na pista ou ficar olhando no relógio a todo momento (alguns modelos tem a opção inclusive de determinar o ritmo para cada trecho, por exemplo tiros pra 3:30 a 3:40 min/km, e se você não estiver dentro da zona pretendida ele vai avisando para você acelerar ou abrandar). A configuração pode ser para treinos simples também, ou até para uma prova, você pode cadastrar a distância da prova, 10km por exemplo, e ao terminar a distância o relógio pausa sozinho (muito bom praquelas pessoas que terminam a prova dando o máximo e muitas vezes esquecem de desligar o cronometro).
Se seu modelo não permite a configuração de treinos no relógio, a opção é programar no computador. A primeira opção é a programação no garmin connect ou garmin express, que são os sites online do seu perfil da Garmin. Outra opção é baixar o garmin training center (Download do site da Garmin). Em ambos você tem opção de analisar suas atividades, recordes, criar mapas e configurar novos treinos, inclusive com distâncias e intervalados variados, por exemplo, 2x1000m + 4x600m, etc. Confira uma tela do Training Center:
garmin-Training Center
Publicidade G5: Quer melhorar seu desempenho? Perder peso? Fazer novas amizades? Vem treinar com a gente! Clique aqui e veja nossos horários e locais de treino!

Com a programação dos treinos você pode se preocupar mais com sua técnica de corrida, respiração e passadas, além de não se perder com as contas dos km´s em cada treino.

Outra facilidade, é pode passar os dados do garmin diretamente para outros sites, no nosso caso, o Linha De Chegada. Para isso é necessário instalar um comunicador (http://www8.garmin.com/support/download_details.jsp?id=3607). A Garmin vem tentando boicotar essa sincronia para forçar os usuários a só utilizarem o connect e o express. Mas mesmo assim você tem a opção de exportar o treino em formato GPX ou TCX, e importar para esses outros sites.

Bons treinos! #G5esportes #KeepRunning

Anúncios

O verão chegou! confira algumas dicas

“Galera, o verão chegou!!! Tempo de viajar, curtir, descansar, mas também de manter o condicionamento, nada de treinos pesados e muitaaaa hidratação. Organizamos algumas dicas para a manutenção dos treinos:

Corrida_praia2012

Primeiro as dicas básicas:
– procure horários de sol fraco para treinar, de preferência antes das 9h da manhã, ou após as 18h (mesmo em dias nublados, pois o mormaço também pode prejudicar a pele);
– faça uma boa hidratação antes, durante e após o treino (nada de exageros, tomar cuidado pois com o calor a sensação de necessidade de água aumenta), via de regra 200ml a cada 20 ou 30min de atividade são suficientes;
– use filtro solar adequado para sua cor de pele;
– use boné ou óculos de sol para proteger os olhos (o boné já protege também seus cabelos e couro cabeludo);
– use roupas leves, nada daquela maluquice de querer suar mais. Seu corpo precisa transpirar para manter a temperatura ok.
– Tire umas fotos de G5 e mande pra gente!!

Dicas de treino: Seguindo as planilhas, a manutenção dos treinos conta com 3 ou 4 treinos na semana, rodagens leves e moderadas, variando de 4 a 8km.
Em caso de viagem fique atento ao local de treino e as mudanças que isso pode ocasionar.
Se for correr na praia algumas precauções são importantes, principalmente se for correr na areia, pois seu corpo não está acostumado com esse terreno.
– cuidado com o desnível da areia, normalmente há uma inclinação razoável e você acaba correndo de lado, mudando toda a mecânica das passadas, e a pisada também, tem-se um risco maior de dores nas pernas, principalmente nos músculos laterais e mediais. Dica: procure trechos com menor inclinação, se não tiver corra no calçadão;
– terreno: há ainda o “problema” da areia, que pode ser fofa em alguns trechos e mais firme em outros. Mantenha sempre o foco no terreno e nas passadas para não ser pego de surpresa por partes para firmes ou mais fofas. Dica: não faça treinos com mais de 4km na areia fofa, pois o esforço é muito maior, é necessário uma adaptação, por exemplo 2 ou 3km no primeiro dia, descanso, 4km no segundo alternando com caminhadas e assim progressivamente;
– calçado: é muito comum as pessoas correrem descalço na praia, mas CUIDADO!! agora você não é mais uma pessoa comum, é um ATLETA! =D Correr descalço também exige adaptação, pois modifica o recrutamento dos seus músculos e forma da sua pisada. Dica: alterne dias correndo de tênis e dias descalço, comece fazendo Fartleks de corrida e caminhada quando for descalço, em ritmo leve. Aumente a distância dos trechos de corrida a cada dia de treino;
– Caminhadas longas são bem vindas;
– respeite os sinais do corpo e não exagere nas bebidas e comidas (e se exagerar não treine).

Vai para o interior? Alguns cuidados também são necessários!
– percurso: Procure por parques ou praças com uma pista de corrida. Dependendo da cidade as opções são em estradas de chão ou BR’s, muito cuidado com buracos e veículos (não utilize fones de ouvido, pois pode tirar sua atenção e não permitir que escute carros ou animais que se aproximam). O desnível da rua também pode ser um problema assim como na praia. Outro problema são cachorros soltos nas ruas, fique atento, eles “adoram” corredores;
– Não tem nenhum local adequado para correr? marque com o carro ou no Linha a volta da quadra, ou um trecho curto na chácara e faça treinos mais curtos e diários (Fartlek 100m / 100m, tiros curtos, coordenação e técnica). Caminhadas mais longas também são bem vindas;
– use repelente contra insetos.

Ficou com dúvidas? manda um e-mail pra gente g5esportes@yahoo.com.br
Gostou? comente e compartilhe!

G5 Esportes – #corrida #funcional #kettlebell

Dicas de treino no Verão

Relebrando o post publicado ano passado, bons treinos!!

Galera, o verão chegou!!! Tempo de viajar, curtir, descansar, mas também de manter o condicionamento, nada de treinos pesados e muitaaaa hidratação. Organizamos algumas dicas para a manutenção dos treinos:

Corrida_praia2012

Primeiro as dicas básicas:
– procure horários de sol baixo para treinar, de preferência antes das 9h da manhã, ou após as 18h (mesmo em dias nublados, pois o mormaço também pode prejudicar a pele);
– faça uma boa hidratação antes, durante e após o treino (nada de exageros, tomar cuidado pois com o calor a sensação de necessidade de água aumenta), via de regra 200ml a cada 20 ou 30min de atividade são suficientes;
– use filtro solar adequado para sua cor de pele;
– use boné ou óculos de sol para proteger os olhos;
– use roupas leves, nada daquela maluquice de querer suar mais. Seu corpo precisa transpirar para manter a temperatura ok.
– Tire umas fotos de G5!!! E mande pra gente, no início do ano vamos fazer um post especial com as suas fotos de férias!!!

Dicas de treino: Faça de 3 ou 4 treinos na semana, rodagens leves e moderadas, variando de 4 a 8km.
Em caso de viagem fique atento ao local de treino e as mudanças que isso pode ocasionar.
Se for correr na praia algumas precauções são importantes, principalmente se for correr na areia, pois seu corpo não está acostumado com esse terreno.
– cuidado com o desnível da areia, normalmente há uma inclinação razoável e você acaba correndo de lado, mudando toda a mecânica das passadas, e a pisada também, tem-se um risco maior de dores nas pernas, principalmente nos músculos laterais e mediais. Dica: procure trechos com menor inclinação, se não tiver corra no calçadão;
– terreno: há ainda o “problema” da areia, que pode ser fofa em alguns trechos e mais firme em outros. Mantenha sempre o foco no terreno e nas passadas para não ser pego de surpresa por partes para firmes ou mais fofas. Dica: não faça treinos com mais de 4km na areia fofa, pois o esforço é muito maior, é necessário uma adaptação, por exemplo 2 ou 3km no primeiro dia, descanso, 4km no segundo alternando com caminhadas e assim progressivamente;
– calçado: é muito comum as pessoas correrem descalço na praia, mas CUIDADO!! agora você não é mais uma pessoa comum, é um ATLETA! =D Correr descalço também exige adaptação, pois modifica o recrutamento dos seus músculos e forma da sua pisada. Dica: alterne dias correndo de tênis e dias descalço, comece fazendo Fartleks de corrida e caminhada quando for descalço, em ritmo leve. Aumente a distância dos trechos de corrida a cada dia de treino;
– Caminhadas longas são bem vindas;
– respeite os sinais do corpo e não exagere nas bebidas e comidas (e se exagerar não treine).

Vai para o interior? Alguns cuidados também são necessários!
– percurso: Procure por parques ou praças com uma pista de corrida. Dependendo da cidade as opções são em estradas de chão ou BR’s, muito cuidado com buracos e veículos (não utilize fones de ouvido, pois pode tirar sua atenção e não permitir que escute carros ou animais que se aproximam). O desnível da rua também pode ser um problema assim como na praia. Outro problema são cachorros soltos nas ruas, fique atento, eles adoram corredores;
– Não tem nenhum local adequado para correr? marque com o carro ou no Linha a volta da quadra, ou um trecho curto na chácara e faça treinos mais curtos e diários (Fartlek 100m / 100m, tiros curtos, coordenação e técnica). Caminhadas mais longas também são bem vindas;
– use repelente contra insetos.

Ficou com dúvidas? manda um e-mail pra gente g5esportes@yahoo.com.br
Gostou? comente e compartilhe!

G5 Esportes – #corrida #funcional #kettlebell

Dicas de treino no Verão

Galera, o verão chegou!!! Tempo de viajar, curtir, descansar, mas também de manter o condicionamento, nada de treinos pesados e muitaaaa hidratação. Organizamos algumas dicas para a manutenção dos treinos:

Corrida_praia2012

Primeiro as dicas básicas:
– procure horários de sol baixo para treinar, de preferência antes das 10h da manhã, ou após as 17h (mesmo em dias nublados, pois o mormaço também pode prejudicar a pele);
– faça uma boa hidratação antes, durante e após o treino (nada de exageros, tomar cuidado pois com o calor a sensação de necessidade de água aumenta);
– use filtro solar adequado para sua cor de pele;
– use boné ou óculos de sol para proteger os olhos;
– use roupas leves, nada daquela maluquice de querer suar mais. Seu corpo precisa transpirar!
– TIRE UMAS FOTOS COM UNIFORME DA G5!!! E manda pra gente, no início do ano vamos fazer um post especial com as suas fotos de férias!!!

Dicas de treino: se não for viajar, procure seguir normalmente a planilha, caso faça uma viagem fique atento ao local de treino e as mudanças que isso pode ocasionar.
Se for correr na praia algumas precauções são importantes, principalmente se for correr na areia, pois seu corpo não está acostumado com esse terreno.
– cuidado com o desnível da areia, normalmente há uma inclinação razoável e você acaba correndo de lado, mudando toda a mecânica das passadas, e a pisada também, tem-se um risco maior de dores nas pernas, principalmente nos músculos laterais e mediais. Dica: procure trechos com menor inclinação, se não houver corra no calçadão;
– terreno: há ainda o “problema” da areia, que pode ser fofa em alguns trechos e mais firme em outros. Mantenha sempre o foco no terreno e nas passadas para não ser pego de surpresa por partes para firmes ou mais fofas. Dica: não faça treinos com mais de 5km na areia fofa, pois o esforço é muito maior, é necessário uma adaptação, por exemplo 3km no primeiro dia, descanso, 4km no segundo e assim progressivamente;
– calçado: é muito comum as pessoas correrem descalço na praia, mas CUIDADO!! agora você não é mais um pessoa comum, é um ATLETA!! Correr descalço também exige adaptação, pois modifica o recrutamento dos seus músculos e forma da sua pisada. Dica: alterne dias correndo de tênis e dias descalço, comece fazendo Fartleks de corrida e caminhada quando for descalço, em ritmo leve. Aumente a distância dos trechos de corrida a cada dia de treino;
– Caminhadas longas são bem vindas;
– respeite os sinais do corpo e não exagere nas bebidas e comidas (e se exagerar não treine).

Vai para o interior? Alguns cuidados também são necessários!
– percurso: Procure por parque ou praças com uma pista de corrida. Dependendo da cidade as opções são em estradas de chão ou BR’s, muito cuidado com buracos e veículos (não utilize fones de ouvido, pois pode tirar sua atenção e não permitir que escute carros ou animais que se aproximam). O desnível da rua também pode ser um problema assim como na praia. Outro problema são cachorros soltos nas ruas, fique atento, eles adoram corredores;
– Não tem nenhum local adequado para correr? marque com o carro a volta da quadra, ou um trecho curto na chácara e faça treinos mais curtos e diários (Fartlek 100m / 100m, tiros curtos, coordenação e técnica). Caminhadas mais longas também são bem vindas;
– use repelente contra insetos.

Ficou com dúvidas? manda um e-mail pra gente g5esportes@yahoo.com.br
Gostou? comente e compartilhe!

G5 Esportes – sua melhor escolha em Assessoria e Organização Esportiva!

3ª Etapa SMELJ Curitiba 2012

Rolou no último domingo a 3ª Etapa SMELJ Curitiba de Corridas de Rua, e mais uma vez a galera G5 estava presente!! O circuito em 2012 tem sido disputado apenas em provas de 10km, e a cada prova a galera tem se motivado mais em melhorar o desempenho.

O percurso da corrida foi modificado um dia antes da prova, e o novo trajeto acabou sendo mais favorável à recordes! E foi o que aconteceu!! foi recorde pra todo lado e de quebra 3 podiuns!!

Confira os resultados: (link dos resultados completos – CLIQUE AQUI)
CATEGORIA: M20/24
COLOC. CAT. – ATLETA – CATEG. – EQUIPE – TEMPO Br – TEMPO Lq – RITMO
1 – JUNIO CHAVES BORGES – M-20-24 – 00:35:11 – 00:35:08 – 03:30
2 – ALAN DAVID LIMA – M-20-24 – 00:37:26 – 00:37:23 – 03:43
3 – CAIO MURILLR SPENA – M-20-24 – 00:39:40 – 00:39:34 – 03:57
4 – NICHOLAS ALEXANDRE TREZI NICÁCIO – M-20-24 – G5 ESPORTES – 00:39:55 – 00:39:34 – 03:57
5 – THOMAS GUIDO ITO – M-20-24 – G5 ESPORTES – 00:41:24 – 00:41:01 – 04:06

CATEGORIA: M25/29
1 – RICARDO JULIO DOS SANTOS – M-25-29 – VIAÇÃO PIRAQUARA – 00:33:36 – 00:33:33 – 03:21
2 – ERNANI MENDES ARIFA – M-25-29 – 00:34:04 – 00:34:00 – 03:24
3 – ELDER MARCIO DE ARAUJO – M-25-29 – 00:38:08 – 00:37:57 – 03:47
8 – GUILHERME HORST – M-25-29 – G5 ESPORTES – 00:40:43 – 00:40:25 – 04:02

CATEGORIA: M30/34
75 – LUIZ FRANCISCO DE SOUZA – M-30-34 – G5 ESPORTES – 00:52:02 – 00:51:08 – 05:06

Confira as fotos do evento: