Planejamento e Longo para Meia de Curitiba

No último domingo nos reunimos em frente ao museu do olho para um treino longo de reconhecimento do percurso da Meia de Curitiba. A ideia era sentir o clima largando no mesmo horário da prova e fazer o trajeto quase completo da prova (a programação previa 17km em ritmo moderado). Ao invés de largar sentido bairro, largamos sentido centro, cortando os 3 km’s iniciais da prova e mais alguns trechos no meio do percurso.

Sequem algumas fotos do treino e depoimentos do pessoal sobre o trajeto e a preparação, com dicas do Prof. Gustavo de como planejar sua prova. Segundo ele “o percurso ficou mais fácil que de 2012, principalmente o final, com uma subida longa, mas leve, e terminando com descida e plano. Entre o km 9 e 16 a prova é praticamente plana e com descidas, pra quem vai pro ‘racha’ é o momento de forçar o ritmo”.

Presentes no longo, Anderson e Patrícia comentaram sobre o treinão!
“Pudemos avaliar o nível de dificuldade do trajeto. Isso será muito importante a medida que sabendo dos detalhes do percurso, poderemos traçar uma estratégia realista a ser seguida no dia da prova. Além disso, serviu também como um motivador, pois avaliei o percurso como sendo de dificuldade moderada, com subidas leves e descidas convidativas a estabelecer recordes pessoais.” disse o Anderson, que vai em busca do sub 1h40, podendo chegar quem sabe até num sub 1h35! A Pati comentou que achou “o percurso tranquilo, as descidas que temos a partir da rua R. Bruno Filgueira até a entrada no viaduto Capanema é a hora de tomar um fôlego, ou se tiver fôlego, descer a lenha pra diminuir o tempo”. Ela ressaltou que a expectativa pra prova é grande, e que será necessário dormir bem, cuidar da alimentação e seguir o planejamento!

Faltam 9 dias para a Meia Maratona de Curitiba!!!!! Está preparado? Já programou sua prova, veja a seguir algumas dicas.

É necessário que você analise sua situação, se está com a planilha em dia, desempenho nos treinos longos realizados, etc., não adianta pensar numa meta impossível. Lembre-se que é uma Meia Maratona, ou seja, 21,1 km!! Não é como uma prova de 5km ou 10km.

Quais seus objetivos para a prova? Completar, treinar, bater meu recorde, aniquilar meu recorde.
Escolhido o objetivo analise as variáveis, e não se deixe levar pelo ritmo dos outros corredores.
– Completar: iniciar cerca de 30 segundos a mais por km do seu pace de 10km, ou seja, se você faz os 10km a 5:00min/km (50min), deverá iniciar a prova mais leve, cerca de 5:30 e ir dosando o ritmo de acordo com seu cansaço. Se for pra forçar deixe para os últimos 3 kms.
– Treinar: determine um pace de acordo com suas últimas provas ou longos e tente segui-lo a prova toda.
– Bater recorde: trace ritmos esperados para cada 5km da prova, verifique a altimetria e em quanto tempo você teria que fazer cada trecho de 5km para bater seu recorde.
– Aniquilar recorde: cuidado, você precisa conhecer bem seu ritmo e suas condições físicas, pois neste caso o risco de quebrar é grande e pode atrapalhar tudo. Trace uma estratégia de km em km, considerando as subidas e descidas, tente poupar um pouco mais no início da prova e tentar guardar forças para o final.

O Prof. Gustavo fala agora sobre a estratégia dele para a Meia de Curitiba.
Recorde atual na distância: 1h34m27 (pace de 4:28 min/km)
Objetivo: aniquilar recorde -> previsto 1h29m30 (pace de 4:14 min/km)
Tática para a prova: Variada (Zig Zag ou intervalada), a cada 1 ou 2 km variar bruscamente o ritmo. “Tentarei fazer uma variação de ritmo a cada quilômetro tendo como base os ritmos de 4:30 e 4:00. Se conseguir manter essa variação durante toda a prova o resultado será dentro do previsto” afirma ele.

E quem venha a Meia!!!!! Boa sorte à todos!! Dos 21k, Anderson, Caverna, Cristela, Cristiano, Daniel, Fran, Prof. Gui, Prof. Gustavo, Luizz, Pati, Levi e Thomas. Do reveza, Elisa, Malu, Mari, Hilma, Bruno, Karine, Leo, Lucas, David e Luiz H!!!! Vai Gcincooo!!

Anúncios

Uma consideração sobre “Planejamento e Longo para Meia de Curitiba”

  1. Já ficando ansiosa para a prova… 🙂 procurando estabelecer qual será o pace que darei conta, considerando que, pelo menos o viaduto do capanema e a subidinha até o Couto Pereira já conheço. Como peguei o segundo trecho do revezamento estou esperançosa de que os primeiros km serão bem produtivos, pois são descidas bem agradáveis, e depois vou tentar dosar o ritmo para completar a prova no mínimo no mesmo ritmo que terminei a da Smelj (bem mais difícil, na minha opinião)… 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s